Medicina veterinária é a ciência médica que se dedica ao estudo e à saúde dos animais. Muitas pesquisas realizadas pelos cientistas revelam coisas que não sabíamos sobre nossos bichinhos de estimação. Se você quiser fazer pesquisas deste tipo quando crescer, capriche no estudo de matérias como biologia e química.

Belo Horionte tem cinco escolas de veterinária, que você pode visitar com um adulto para conhecer um pouco mais sobre esta bela profissão: Fead, UFMG, PUC Minas, UniBH, Newton Paiva.

1. Você pode baixar a sua pressão arterial apenas acariciando seu filhote!

2. Os cães se enroscam para dormir, por causa de um instinto ancestral para se aquecer e proteger seus órgãos vitais.

dog-facts-3

3. O focinho molhado dos cães ajuda-os a absorver a química dos odores.

Why-is-a-dogs-nose-wet

4. Se deixar com o seu cão uma peça de roupa que cheira como você, o cheiro vai confortá-lo e ajudar a reduzir a ansiedade de separação.

2dcc1acd5418c033e651d5b28e8e59b0

 

5. Homens com cachorros têm três vezes mais chances de conseguir o telefone de uma garota.

6. O sentido do olfato dos cães é 10 mil vezes mais forte do que o nosso.

7. Os cães não enxergam APENAS preto e branco – eles também podem ver azul e amarelo!

8. Bloodhounds são capazes de rastrear cheiros de deixados há mais de 30o horas.  

101-3

9. Cães podem ser treinados para detectar mudanças no corpo humano – há até cães de alerta que ajudam os pacientes durante o início de uma convulsão.

10. Há também cães que alertam diabéticos  quando os níveis de insulina caem, porque detectam mudanças no odor emitido pelos humanos quando isso acontece. 

download

11. Os cães têm pelo menos 18 músculos em cada orelha!

Dog-with-big-ears

12. Os EUA são o país com a maior população de cães de estimação, cerca de 75 milhões. Belo Horizonte tem cerca de 730 mil.

13. Cães enxergam muito melhor do que os humanos à noite.

14. Os cães podem reconhecer mais de 15o palavras.

39616fa20202e6e2cf34740a84eff745

15. Os bigodes são utilizados como dispositivos de detecção; alguns cães os utilizam para verificar se cabem em determinados espaços.