Estudantes mineiros participam, na próxima semana, em São Paulo, do anúncio dos vencedores da Olimpíada da Língua Portuguesa.

Eles são finalistas nas categorias Documentário, Crônica, Memórias Literárias e Poema.

A 6ª Edição da Olimpíada de Língua Portuguesa foi idealizada pelo Ministério da Educação e pelo grupo Itaú Social, e integra o programa do governo “Escrevendo o Futuro”,  coordenado pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

Categoria estreante na Olimpíada, o gênero Documentário teve seus finalistas conhecidos durante cerimônia no dia 13 de novembro. Ao todo, 19 trios de estudantes do 1º e 2º anos do Ensino Médio e seus professores, de todas as regiões do país, seguem para a final no dia 09 de dezembro, em São Paulo, quando serão revelados os vencedores nacionais. 

Em Minas Gerais, há dois documentários selecionados.

DOCUMENTÁRIOS

Título: A felicidade mora aqui!
Alunos: André Felipe, Davison Alves, Steffane Catherine
Professor: Shantynett Souza Ferreira Magalhães Alves
Escola: EE Betânia Tolentino Silveira
Cidade: Espinosa/MG

Título: O que se aprende quando a escola cai…
Alunos: Jamile Aparecida, Pedro Lucas, Sabrina Heloísa
Professor: Simone de Araújo Valente Ferreira
Escola: E. E. Monsenhor Rocha
Cidade: Santa Bárbara do Leste/MG

O estado também reúne finalistas nas categorias voltadas ao Ensino Fundamental.

CRÔNICA

Título: A festa de São João
Aluno: Camila Lopes de Aguiar
Professor: Aline Cristina Robadel Nobre
Reduto/MG
Escola: EE CARLOS NOGUEIRA DA GAMA

Título: À espera da última aula
Aluno: Aytan Belmiro Melo
Professor: Silvania Paulina Gomes Teixeira
Santa Bárbara do Leste/MG
Escola: E. E. Monsenhor Rocha

MEMÓRIAS LITERÁRIAS

Título: Doces memórias
Aluno:Adrielle Vieira de Oliveira
Professor:Juralice Rita da Silva
Formiga/MG
Escola: EM CENTRO DE ATENCAO INTEGRAL A CRIANCA – CAIC

Título: Menina da boca roxa de amora
Aluno: Lavínia Soares Cardoso Bastos
Professor: Rosa Maria Mendes de Lima
Alpinópolis/MG
Escola: EE DONA INDA

POEMA

Título: Da janela de Minas
Aluno: Nicole Rodrigues Florentino
Professor: Terezinha Lima da Silva
Belo Horizonte/MG
Escola: ESCOLA MUNICIPAL JOSE MARIA ALKMIM

Título: Da janela de Minas
Aluno: Nicole Rodrigues Florentino
Professor: Terezinha Lima da Silva
Belo Horizonte/MG
Escola: ESCOLA MUNICIPAL JOSE MARIA ALKMIM

Nicole Rodrigues Florentino e sua professora, Terezinha Lima da Silva foram entrevistadas pelo jornal Norte Livre, de Venda Nova. Confira!

“Da janela de Minas”
Nicole Rodrigues (5MC)

Da janela de minha casa,
Vejo um belo horizonte.
Que lugar maravilhoso!
Aqui é um lugar esplêndido
De se viver, curtir e divertir.

Da janela de minha casa,
Vejo turistas curiosos,
Com um olhar fascinante,
Admirando nossa
Pampulha exuberante.

Da janela de minha casa,
Vejo um delicioso feijão tropeiro,
Digno de um mineiro,
Tão bom quanto o seu cheiro.

Da janela de minha casa,
Vejo belos museus ordenados,
Com nosso passado
Muito bem guardado.

Da janela de minha casa,
Vejo cintilantes cachoeiras,
Onde nadamos e nos refrescamos.

Da janela de minha casa,
Vejo tanto desemprego,
Assombrando nossa gente,
Que é honesta e decente.

Da janela de minha casa,
Vejo crianças sem cama,
Sem casa e sem comida.

Da janela de minha casa,
Vejo lágrimas tristes escorrendo,
Pelo rosto de quem perdeu
Um ente querido
Na barragem que se rompeu.

Da janela de minha casa,
Vejo a realidade de nossa sociedade,
Gente que não tem nada,
Mas ainda resta a fé.

Da janela da minha casa,
Vejo quase tudo…
Só aguardo a justiça,
A solidariedade e a honestidade
Serem feitas para vivermos
em igualdade.
Essa é a mais pura verdade.

Alunos e professores seguem para a final, que acontecerá no dia 9 de dezembro, em São Paulo, quando serão conhecidos os vencedores nacionais.

O objetivo é apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita. A partir da metodologia do Programa Escrevendo o Futuro, os professores realizam oficinas de produção de texto com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. O tema do concurso é “O lugar onde vivo”, um estímulo à reflexão sobre as realidades locais.

O concurso conta com a parceria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da Fundação Roberto Marinho e do Canal Futura.

Infográfico ilustra o percurso dos participantes.

Números desta edição:

4.876 municípios participantes;

42.086 escolas inscritas;

85.908 professores inscritos;

171.035 inscrições nas categorias;

Mais de 5 milhões de alunos participantes das oficinas de leitura e escrita realizadas para a produção dos textos.