Sabe aquela embalagem do lanche que você acabou de comer? Aquela bala que você acabou de chupar? Ou aquele guardanapo usado? Pois é… Não os joguem no chão!

Ao fazer isso, você prejudica as pessoas, os animais e o meio ambiente, pois o lixo pode gerar um grande estrago na natureza! Por isso, sempre que for comer algo, jogue sua embalagem no lixo. Se não tiver uma lixeira por perto, você pode guardá-la em seu bolso para jogar fora depois.

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), a humanidade produz cerca de 200 bilhões de toneladas de lixo por ano. Quantidade como se fosse um oceano de lixo, não é?!

Então, imagine se todo o nosso lixo fosse descartado nas ruas, nos rios ou nos mares… Provavelmente não teríamos mais água para beber, ou ar limpo. O que poderia prejudicar nossa saúde. Por isso, é importante conscientizar a população sobre o mal que o lixo e a poluição podem trazer. E mais, o lixo deve ser descartado de forma correta.

Um mal para saúde e para natureza

O lixo descartado de forma incorreta pode trazer danos a nossa saúde. Lixos jogados no chão, ao céu aberto ou descartados de maneira incorreta, atraem baratas, ratos, moscas, escorpiões e outros animais que em contato com a população podem desenvolver doenças. Segundo o Ministério da Saúde, uma das formas de evitar o contato com algum desses animais é manter limpo os terrenos abandonados e os locais próximos a casas, jardins, quintais, jardins e celeiros.

Além de atrair esses animais, o lixo pode contaminar o ar, as plantações, os rios e mares, afetando diretamente os animais aquáticos e até mesmo o nosso alimento, soltando gases malcheirosos que podem formar focos de incêndios que soltam aquela fumaça preta e tóxica no ar e acumulando líquidos que podem servir de lar para os mosquitos.

Para incentivar as pessoas a protegerem o meio ambiente e evitar a sujeira, o Senado aprovou a Lei 12.305/2010. Uma lei que obriga os municípios brasileiros a multarem aqueles que jogarem lixo na rua.

Afinal, o que fazer com o lixo?

O descarte em lixeiras é a maneira mais simples de se livrar do lixo, além das lixeiras comuns, existe a coleta seletiva. A coleta seletiva são lixeiras de cores diferente e são separadas por tipo de material que está sendo jogado fora, como metal, papel, vidro e plástico.

Saiba também que você pode o reaproveitar criando objetos decorativos e diversas outras coisas. Lembrando que, se descartado de maneira incorreta, alguns desses materiais demoram anos para se decompor e podem oferecer riscos por muito tempo.

Acompanhe algumas dicas de objetos criados a partir de materiais recicláveis:

Imagem meramente ilustrativa via Freepik

Papelão/papel: O papelão e o papel demoram cerca de 6 meses para se decompor. O papelão pode ser uma boa opção para o período de festas! Com ele você pode criar embalagens decorativas, caixas de presentes, e se você tiver uma imaginação fértil, brinquedos como cabana, asas e muito mais.

Imagem meramente ilustrativa via Pixabay

Metal: O metal demora cerca de 450 anos para se decompor. Você pode usar esse material para criar placas decorativas, cercados, objetos de decoração para casa e brinquedos, como “carrinho de lata”.

Imagem meramente ilustrativa via Pixabay

Garrafas de plástico/vidro: As garrafas de plástico demoram até 450 anos para terem o seu fim no meio ambiente, diferente da garrafa de vidro, que tem tempo indeterminado. O reaproveitamento dessas garrafas também pode ajudar o meio ambiente, você pode usa-las como vasos para fazer o plantio de novas arvores e flores.

Agora uma das melhores dicas…

Trate a natureza como se ela fosse sua casa. Jogue lixo no lixo!