Todos os dias novos aparelhos são lançados no mercado. Videogames, celulares, televisões, tudo de última geração.

Mas você já se perguntou o que é feito com os equipamentos antigos? E mais, como eles são jogados fora?

Os aparelhos tecnológicos jogados fora são chamados de lixo eletrônico. Segundo o Programa da ONU para o Meio Ambiente (Pnuma) cerca de 40 milhões de toneladas desse tipo de lixo são gerados por ano no mundo. Muita coisa, né?

lixo_eletronico_computadores

Peças de computadores como monitor, CPU e teclados são considerados lixos eletrônicos. Foto: Pixabay

O problema é que todo esse material (monitores, telefones, baterias, TVs, câmeras fotográficas, etc.), contém substâncias químicas que podem causar um ‘problemão’ para o meio ambiente.

Acontece que, quando descartado de forma incorreta, as substâncias, como chumbo, cádmio, mercúrio, berílio, etc., presentes nos equipamentos podem contaminar os solos e a água.

Mas tem mais! Além do contaminar o meio ambiente o lixo eletrônico pode provocar doenças graves, principalmente para quem lida com ele todos os dias.

O que fazer com os eletrônicos?

Para que tudo isso não aconteça é preciso descartar os eletrônicos em locais apropriados. Diversas empresas e cooperativas, inclusive, estão atuando nessa área. Procure uma na sua cidade. Já os celulares e suas baterias podem ser entregues nas empresas de telefonia celular.

Você pode ainda praticar uma boa ação. Trocou de aparelho, mas o antigo ainda está em boa condição? Que tal doar para alguma entidade social que atua na área de inclusão digital.