Pluviômetro da UFLA / Divulgação

A erosão é um processo natural, decorrente da ação de fluxos de água ou do vento, que removem rochas e outros materiais do solo.

No Brasil, chuvas fortes podem causar grandes estragos decorrentes da erosão.

São comuns, por exemplo, deslizamentos de terra violentos em regiões de encosta. A erosão do solo também pode causar prejuízo a lavouras em regiões de agricultura.

Para calcular melhor o potencial erosivo da chuva, o professor Luiz Antônio Lima, do Departamento de Recursos Hídricos e Saneamento da Universidade Federal de Lavras (UFLA) criou um aparelho chamado Sistema Dinâmico de Pluviometria (foto).

Este sistema calcula a velocidade e a intensidade das gotas de chuva, identificando o potencial erosivo de precipitações naturais e artificiais.

O pluviômetro móvel é formado por coletores capazes de captar gotas de qualquer tamanho e velocidade, separando-as em classes de gotas lentas e rápidas.

Deslizamento de terra. Foto de Thierry Caro via Wikimedia Commons

Por que estudar a erosividade é importante?

O professor Luiz Lima explica que a pesquisa sobre a erosividade da chuva desperta interesse no mundo todo porque o estrago que ela pode causar nos solos por meio de enxurradas e assoreamentos de rios é enorme.

O pluviômetro que ele criou é capaz de medir e determinar a velocidade das gotas de chuva, o que faz diferença na hora de prever o potencial do estrago que a chuva vai causar.

“Quando nós temos chuva caindo em uma velocidade muito maior do que o esperado, ocorre muita erosão, causando muito estrago no solo. Esse equipamento foi desenvolvido com a finalidade de determinar a energia que a chuva tem, e que pode destruir o solo”, explica o professor.

O Sistema Dinâmico de Pluviometria da UFLA será apresentado em um evento internacional ainda em 2019, em Belo Horizonte, como um dispositivo para analisar de que maneira a poluição atmosférica atinge gotas de chuva e se ela polui da mesma forma gotas pequenas e grandes.

Com informações da Assessoria de Comunicação da UFLA.