A 18ª edição dos Jogos Pan-Americanos começa nesta sexta-feira, 26, e segue até o dia 11 de agosto, em Lima, capital do Peru. O evento esportivo é realizado desde 1951 e reúne todos os países das Américas. Em 2019, 6.680 atletas de 41 países disputam 61 modalidades esportivas, 22 delas classificatórias para a Olimpíada de Tóquio, no ano que vem. A sede dos Jogos Pan-Americanos de 2019 é Lima, capital do Peru, que recebe a competição pela primeira vez.

mascote faz uma homenagem à cultura peruana

Milco é uma estátua que representa as antigas civilizações que viveram na costa central do Peru. O nome é o diminutivo de “cuchimilco”. É assim que são conhecidas no Peru as estatuetas de forma humana que estão sempre com os braços abertos, em sinal de boas-vindas aos visitantes. As estátuas de argila eram uma tradição da civilização Chancay, que viveu na região de Lima nos 1200 e 1470, antes dos incas. 

Criado pela ilustradora e desenhista peruana Andrea Medrano, o mascote foi escolhido há exatos dois anos, por voto popular. Milco ganhou 19 mil votos e superou os mais de 17 mil de Wayqi, uma lagartixa que costuma habitar o deserto da costa peruana. O terceiro lugar ficou com Amantis, que fazia referência a uma espécie de flor que só cresce no inverno de Lima, com 7,3 mil votos.

O Pan-Americano teve um mascote pela primeira vez há 40 anos, em 1979, quando os jogos foram realizados em Porto Rico. Mas afinal, o que é um mascote? É o nome dado a um animal, pessoa ou objeto animado escolhido como representante de uma marca, de uma empresa ou evento.