No nosso sistema solar existem oito planetas. Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Netuno e Urano “viajam” em órbitas, ao redor do Sol. Mas o Sol é só uma das bilhões de estrelas que existem na nossa galáxia. Em torno de muitas dessas outras estrelas já foram descobertos exoplanetas.

Exoplanetas são planetas que orbitam estrelas que não são o nosso Sol. Assim, pertencem a outros sistemas planetários. Mais de 4 mil exoplanetas já foram registrados até hoje.

Mapa dos exoplanetas

A Nasa, agência espacial americana, lançou um mapa que mostra quantos e quais exoplanetas foram descobertos a cada ano, desde 1992. Veja só:

 

O mapa mostra todo o céu durante a noite. Só que o que vemos está compactado em uma única imagem. A linha luminosa em formato de U, no centro do vídeo, é a faixa central da Via Láctea, a galáxia onde está localizado o nosso sistema solar.

Cada exoplaneta descoberto ao longo dos anos aparece circulado por diferentes cores. Cada cor representa o método que os astrônomos usaram para encontrar o novo planeta.

Galáxias são aglomerados de estrelas, planetas e diversos outros corpos espaciais. Uma única galáxia é formada por milhões ou bilhões de estrelas. E em uma noite mais escura, longe das luzes da cidade, a gente consegue enxergar uma faixa bem luminosa no céu, onde fica concentrado o maior número de estrelas. É a nossa própria galáxia, a Via Láctea!

O primeiro exoplaneta

Em 1992, os astrônomos Alex Wolszczan e Dale Frail, dos Estados Unidos, descobriram dois exoplanetas. Foram os primeiros planetas encontrados fora do nosso sistema solar. Mas em vez de orbitarem uma estrela como o Sol, esses planetas orbitavam um corpo estelar chamado pulsar.

Em janeiro de 1995, o astrônomo suíço Didier Queloz deveria estar observando o espaço. Mas chovia muito, e ele decidiu ir até a biblioteca para estudar o que já havia observado em outros dias.

Foi quando ele percebeu que poderia existir um planeta em torno de uma estrela, chamada 51 Pegasi. Com mais dados e análises, ele viu que estava certo: descobriu um novo exoplaneta, em torno de uma estrela parecida com o Sol!

Mais e mais planetas

A tecnologia dos telescópios foi ficando mais moderna, e vários exoplanetas ao redor de estrelas solares começaram a ser descobertos no fim da década de 1990. Desde então, o satélite Kepler, sozinho, descobriu quase metade dos 4 mil exoplanetas que já sabemos que existem.

Astrônomos estimam que a nossa galáxia tem centenas de bilhões de planetas! Alguns devem ter o tamanho da Terra e poderiam conter água líquida. Isso significa que são planetas em que há mais chance de existir vida.

Leia mais sobre astrobiologia!

Novas missões espaciais têm o objetivo de procurar por mais exoplanetas. Segundo a Nasa, encontrar exoplanetas ajuda a humanidade a entender melhor o potencial da vida em outras partes do universo. E ajuda também a entender como a Terra e o sistema solar foram formados.