Leonardo da Vinci, um dos maiores polímatas da Humanidade

Um polímata é uma pessoa que tem domínio de conhecimentos de diferentes e diversas áreas.

A palavra vem do grego e quer dizer “aquele que aprendeu muito“.

Ser polímata não tem a ver com ser inteligente. A ideia está mais relacionada a querer saber, ser curioso, aprender sempre mais sobre muitos assuntos.

Muitos grandes cientistas e inventores, como o mestre Leonardo da Vinci, foram polímatas.

Da Vinci dominava desde conhecimentos artísticos de desenho, pintura e escultura, até conceitos de física e matemática. Não é à toa que ele é considerado um gênio das mais distintas áreas!

Importantes personalidades brasileiras como Alberto Santos Dumont e o Imperador Dom Pedro II também são reconhecidos como polímatas.

Arte, ciência e expressão

Se você se interessou pelo assunto, vale a pena explorar a exposição que está no campus Pampulha da UFMG.

A mostra foi inaugurada na última semana e permanece aberta ao longo de várias semanas, em diferentes setores da Universidade (confira o Serviço abaixo).

São 46 artistas que, em linguagens e suportes variados, criam arte com expressões de diferentes campos do conhecimento, como a física, a engenharia, a geografia, a ecologia e a comunicação. Por isso, foi batizada de Polímatas!

As obras ocupam espaços na Reitoria (saguão e mezanino), na Escola de Belas Artes (EBA) e nas faculdades de Letras (Fale) e de Ciências Econômicas (Face). A visitação é gratuita, nos dias e horários especificados no serviço publicado ao fim deste post.

‘Polímatas’: Gênesis – Eduardo Kac — Foto: Polímatas/Divulgação

Artistas multidisciplinares

De acordo com a equipe de curadoria – formada pelos professores da UFMG Maria do Carmo Veneroso, Marilia Andrés Ribeiro, Pedro Veneroso e Tania Araújo –, assim como cientistas e pesquisadores, artistas também passaram a atuar na zona de encontro entre diferentes mídias, linguagens e disciplinas.

“Com isso, tornou-se cada vez mais claro que a arte, a ciência e a tecnologia podem se nutrir mutuamente de metodologias, práticas, assuntos, imaginários e teorias compartilhados”.

Serviço

Horários de visitação
Saguão da Reitoria: até 13 de setembro, de segunda a sexta, das 8h às 18h
Mezanino da Reitoria: até 20 de julho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Galeria da Escola de Belas Artes23 de maio a 11 de junho, de segunda a sexta-feira, das 8h às 21h
Hall da Faculdade de Letras: de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h
Gramado da Faculdade de Ciências Econômicastodos os dias, a partir das 18h

Com informações da UFMG.