Ah, os aviões de papel… Quem nunca se divertiu, se surpreeendeu ou se frustrou com essas incríveis dobraduras que desafiam as leis da gravidade?

Sem cockpit, turbinas e trem de pouso, mas com muita adrenalina, Belo Horizonte sediará, no final de abril, a etapa qualificatória do torneio mundial de avião de papel, Red Bull Paper Wings.

Embora a participação no evento esteja restrita aos estudantes universitários, todos podem assistir, se divertir e aprender! Afinal, há muita ciência nesta brincadeira desafiadora.

Ficou curioso/a? Então vamos lá descobrir como os conhecimentos de física podem ajudar a construir aviõezinhos de fazer inveja!

Por que o avião de papel voa?

Primeiro, é importante entender que há quatro forças de voo: impulso, sustentação, arrasto e peso. Essas quatro forças afetam quase tudo que voa, de avião a passarinhos!

Impulso é a força que coloca o avião em movimento. Em um avião de verdade, vem do motor. Já uma asa delta ganha empuxo no salto, correndo de um penhasco ou colina. No avião de papel, o empuxo vem dos nossos braços no momento do arremesso.

Sustentação é aquela força de ar que mantém o avião no ar. Para isso, servem as asas de um aviãozinho de papel.

Já o Arrasto, é a força do ar que está se movendo na direção oposta do objeto voador e responsável por diminuir a velocidade.

O Peso é a força da gravidade, que está sempre puxando o avião de volta à Terra.

Em outras palavras, há duas coisas que fazem o avião ir adiante e voar: empurrar e levantar. E duas coisas que fazem o avião desacelerar e cair: arrasto e peso.

Para entender melhor a explicação científica, o vôo de um avião está baseado nas três Leis de Newton.

1º Lei de Newton: Princípio da Inércia – o avião permaneceria parado, se não houvesse a aplicação de uma força sobre ele, no caso, força do lançamento.

2º Lei de Newton: Princípio Fundamental da Dinâmica – não é possível aplicar a mesma força em dois modelos de avião de papel. Por terem massas diferentes, a aceleração não seria igual nos dois aviões.

3º Lei de Newton: Princípio da Ação e Reação – para toda ação existe uma reação, ação do lançamento do modelo resultando na reação do voo.

Melhores dicas!

Depois de conhecer a ciência por trás destes Origamis, fica tudo mais fácil! A grande maioria dos projetos bem sucedidos de aviões de papel possuem alguns pontos em comum, segundo o  aplicativo paper airplanes

  • Asas largas – o suficiente para capturarem o ar necessário para manter a sustentação.
  • Centro de gravidade do avião o mais à frente possível – o centro de gravidade (CG) precisa estar localizado um pouco à frente para balancear corretamente a sustentação fornecida pelas asas em voos longos.
  • Pontas das asas anguladas – para maximizar sustentação e estabilidade; winglets (dobras nas pontas laterais) diminuem os efeitos de turbulência nas pontas das asas e dobras nas partes traseiras também auxiliam na manutenção da estabilidade de voo
  • Dobras extras tornando-o mais comprido e fino – um formato mais aerodinâmico diminui a resistência do ar, fazendo voar bem mais rápido e diminuindo a perda de velocidade
  • Nariz compacto – muito papel dobrado, torna  o avião mais seguro e menos propenso a amassar em impactos

Além disso, o lançamento deve ser diagonalmente para cima, mas não pode ser com muita força nem muito fraco.

Os principais modelos

Está pensando que se trata apenas de brincadeira? Há muitas competições profissionais acontecendo pelo mundo e os modelos já foram até batizados! Conheça os mais famosos.

Modelos de aviões de papel. Fonte: Aplicativo Paper Airplanes

Aprenda com quem entende!

Iberê Thenório, do Manual do Mundo, maior canal de ciência e tecnologia do Brasil, tem vídeos muito legais, onde explica passo-a-passo a construção de alguns destes modelos.

Voos e recordes

O Canal no YouTube É Incrível Saber fez um vídeo bem legal mostrando as curiosidades no universo dos aviõezinhos de papel.


Você sabia?

“Atualmente, o recorde mundial de distância com avião de papel é de 69,14 metros, conquistado em 2012 pelos norte-americanos Joe Ayoob e John Collins”


Agora que já entende tudo sobre aviões de papel, programa-se para este evento superlegal, que acontecerá em Beagá.

Serviço

Red Bull Paper Wings Belo Horizonte
Quando: 27 de abril; 
Onde: Centro Universitário de Belo Horizonte (UniBH) – Av. Professor Mário Werneck, 1685, Buritis.
Horário: a partir das 13h;