Praticamente tudo em nossas vidas possui cor.

Pense bem, desde aquele brinquedo favorito até as misturas de um pôr-do-sol, são tantas possibilidades e tonalidades de cores que, com o tempo, sem perceber, acabamos criando relações com cada uma delas.

Afinal, todo mundo uma cor favorita, não é mesmo?

Existem alguns profissionais que trabalham diariamente com escolha das cores, criando combinações para variadas funções.

Os designers são um bom exemplo de profissionais, pois além de precisarem pensar em seus projetos de criação, devem saber qual tipo de cor devem usar.

Porém não estamos falando em optar entre um vermelho ou cinza, mas de dois sistemas complexo de cores chamados RGB e CMYK.

As três cores mosqueteiras

Quando vemos um arco-íris no computador, pensamos que foram necessárias várias cores para conseguir fazer aquela imagem.

Na verdade, são utilizadas apenas três: vermelho, ciano e amarelo.

Achou curioso? Vamos entender como funciona!

Video Game

As cores que vemos no video game também são RGB. Foto: Pixabay

A sigla RGB significa Red (vermelho, em inglês), Green (verde, em inglês) e Blue (azul, em inglês).

Estas cores pertencem a um sistema utilizado em aparelhos eletrônicos como monitores de computador, celular, entre outros. Ela funciona com a mistura das luzes vermelha, verde e azul criando uma infinidade de cores que aparecem nas telas.

Já o CMYK corresponde a Cian (ciano, em inglês), Magenta (um tom de rosa), Yellow (amarelo, em inglês) e Black (preto, em inglês. Na sigla está representado pela letra K).

São quatro cores primárias utilizadas em pinturas e impressões, como as que fazemos na impressora de casa.

Aliás, você pode notar que sempre utilizamos um cartucho preto e outro colorido pois, de acordo com a imagem, vão sendo liberados os pigmentos no papel.

Profissionais de design sempre fazem testes para ver como ficam as cores de suas peças. Foto: Markus Spiske/Unsplash

Profissionais de design sempre fazem testes para ver como ficam as cores de suas peças. Foto: Markus Spiske/Unsplash

O mais interessante destes sistemas é que as misturas de todas as cores no RGB resultam no branco, por sua vez, no CMYK, resultam no preto.

Isso ocorre porque as luzes coloridas são aditivas, ou seja, combinamos as cores primárias que resultam na luz branca.

As cores são formadas a partir da luz e cada uma delas recebe um valor de intensidade que varia de 0 a 255. O branco é quando se tem o maior valor para as 3 cores, ou seja, 255 para Red, Green e Blue. E o preto é formado quando se tem o valor 0 para essas 3 cores.

Já no CMYK, as tintas são subtrativas, ou seja, ao combiná-las obtemos a cor preta, já que as cores das tintas refletem luz ao invés de emiti-las.

Experiência com cores!

Você pode fazer essa experiência de mistura de cores em casa!

Siga as dicas da imagem abaixo e descubra as possibilidades do mundo das cores.

Quem sabe não tem um artista escondido em você?

Experiência das cores

Imprima essa folha e faça sua experiência!