Já pensou que soluções criadas por crianças, adolescente e jovens podem ser muito bem-vindas em várias áreas da ciência?

Uma dessas iniciativas que vem chamando atenção em Minas Gerais é de alunos do 3º ano do curso técnico em Informática do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG). Os estudantes estão desenvolvendo um aplicativo de celular para apoio a pacientes em tratamento de câncer da Organização Regional de Combate ao Câncer (ONG Orcca) em Betim, na Grande BH.

Os alunos contam com a ajudar de professores e fazem o trabalho em integração das disciplinas do curso: Banco de Dados, Projeto de Sistemas, Laboratório de Projeto Integrador, Linguagens de Programação, Aplicações para Web e Empreendedorismo tecnológico.

O objetivo do app é facilitar a administração da ONG e apoiar os pacientes em tratamento de câncer. O aplicativo terá funções de agenda, notificação sobre medicamentos, consultas, exames e informações gerais sobre a doença e sobre os direitos dos pacientes. Parecem soluções simples, porém de grande valia para o gerenciar atendimento e tratamento.

Passo a passo

O primeiro foco do projeto é desenvolver ferramentas de informática que sejam capazes de melhorar e aperfeiçoar as ações da ONG e facilitar as atividades do dia a dia de um paciente em tratamento.

O segundo enfoque é expor os alunos a uma experiência real de desenvolvimento de software, permitindo que o conhecimento adquirido em sala de aula seja aplicado na prática.

Depois do aplicativo concluído, a ideia é desenvolver sistemas para os setores de estoque, atendimento e marketing. Posteriormente, essas soluções serão adaptadas para atender às demandas de outras empresas do terceiro setor.

FONTE DAS INFORMAÇÕES: Assessoria de imprensa do CEFET-MG.