Segundo pesquisadores da Embrapa, sim! Uma equipe de profissionais desenvolveu um biscoito de cereais integrais com recheio de polpa de frutas brasileiras. Uma delícia e bem mais saudável do que as opções disponíveis no mercado.

A equipe que trabalhou nessa receita faz parte da Embrapa Agroindústria de Alimentos (RJ) e da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Eles utilizaram a técnica conhecida como coextrusão.

Que biscoito saudável é esse?

A base do biscoito é feita de uma farinha multicereais de milho, arroz e sorgo e o recheio é de abacaxi, açaí ou goiaba. O resultado é um produto sem glúten, sem adição de corante ou aroma e com teor reduzido de calorias.

Ana Carolina Almeida, doutoranda em Ciência e Tecnologia de Alimentos pela UFRRJ e autora do trabalho, explica que a farinha multicereais do biscoito é rica em fibra alimentar e ajuda o nosso intestino a funcionar direitinho. O recheio de frutas tropicais também torna esse lanche mais saudável.

Qual o desafio de fazer um biscoito assim?

O maior desafio tecnológico enfrentado pela equipe foi obter estabilidade do recheio de frutas sem adicionar gordura. “Foi necessário mais de um ano de pesquisa só para encontrar a formulação ideal, já que não existe produto similar no mercado nacional. Testamos desde a mistura ideal de farinhas sem glúten até os ingredientes finais do recheio, em busca das melhores características sensoriais como crocância e sabor”, conta Ana Carolina.

A grande oferta de frutas tropicais no Brasil impulsiona não apenas o consumo da fruta pura, mas também a sua utilização como ingrediente em alimentos. “Por serem frutas de grande aceitação, agregam aos biscoitos aroma e sabor, além de nutrientes como fibras, minerais e vitaminas”, afirma Virgínia da Matta, pesquisadora da Embrapa Agroindústria de Alimentos, e co-orientadora da pesquisa.

Saudável e gostoso

As pesquisadoras fizeram testes e descobriram que o biscoito de goiaba apresentou o maior índice de aceitação dos consumidores, seguido pelo biscoito de abacaxi e de açaí. Quem provou, achou “doce, crocante, de textura aerada, formato agradável, aroma e sabor de fruta e com recheio firme”.

Além da preferência do consumidor, o biscoito de goiaba também ganha na característica funcional, já que conservou a vitamina C proveniente da fruta, da ordem de 11,3 mg a cada 100g de recheio.

Foto: Ana Carolina Almeida / Reprodução Embrapa

Foto: Ana Carolina Almeida / Reprodução Embrapa

Biscoitos recheados

Os biscoitos recheados que a gente encontra hoje no mercado são muito calóricos e pobres em nutrientes. Esse tipo de alimento está cada vez mais presente no hábito alimentar de crianças e adultos, apesar dos elevados índices de gorduras saturadas, açúcares e sais – componentes que fazem mal à saúde.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) relaciona o crescimento do número de doenças, como o aumento da pressão arterial, diabetes e obesidade, ao aumento do consumo desses tipos de produtos, associado ao baixo consumo de alimentos saudáveis e à falta de atividade física.

A Embrapa está em busca de parceiros para colocar os biscoitos de cereais integrais com recheio de polpa de frutas brasileiras no mercado.

Via.