Para algumas pessoas, o solo é terra ou mesmo chão. Já os cientistas o enxergam como uma mistura de minerais, material orgânico, gases, líquidos e uma diversidade de micro e macro-organismos. E você, como o percebe? Ele tem múltiplas funções que são a base da vida no planeta. Além de produzir os alimentos, as fibras que estão presente nas roupas e a energia para diversos fins, é responsável pela qualidade do ar e da água.

Buscando desmistificar a vida do solo, a professora Fátima Moreira, do Departamento de Ciências do Solo, da Universidade Federal de Lavras (UFLA), reuniu uma equipe de profissionais e lançou a coleção de livros Conhecendo a vida do solo, publicada pela Editora Ufla. São seis volumes que abordam os seguintes temas: solos, macro fauna, meso fauna, micro fauna, micro-organismos e ecologia.

“A gente quer que todo mundo ame o solo e os bichinhos que estão nele, pois é a base da nossa própria vida”, diz Moreira.

Não foi fácil para os cientistas explicarem o que estudam dentro de seus laboratórios de uma forma simples, clara e objetiva. Imagina só falar sobre os aspectos químicos, físicos e biológicos da terra de um jeito que todo mundo entende? “Quando temos que falar em linguagem acessível é mais difícil do que escrever um artigo de alto impacto, mas é muito importante que a divulgação científica aconteça”, ressalta a pesquisadora.

O esforço se de deve ao conhecimento da relevância de discutir a preservação da biodiversidade.  Os editores da coleção deixam claro no livro que a coleção vem para aumentar a consciência sobre a importância do solo, de modo que esse recurso da natureza seja preservado, não só para garantir a existência das futuras gerações, mas também para melhorar a qualidade da vida hoje.

Para mais informações sobre como conseguir a coleção de livros, envie um e-mail para editora@editora.ufla.br. Qualquer biblioteca pode solicitar gratuitamente, arcando apenas com as despesas do correio.

A vida do solo

Ficou curioso sobre o tema? Em 1963, a engenheira agrônoma Ana Primavesi criou o primeiro filme sobre a vida do solo. Recuperado recentemente, o longa esmiúça a ação dos microrganismos e a importância da matéria orgânica para que haja fertilidade. Ele mostra que tudo depende do solo: o ar, a água, as plantas e os seres vivos. Há décadas já existia o esforço de explicar para as pessoas o que acontece nesse mundo misterioso da terra e dos seres vivos.